[Utilidade] - Passo-a-passo para resgatar os créditos da Nota Fiscal Paulista

No artigo de hoje, eu mostrarei a você como resgatar os créditos que são gerados para os consumidores que exigem a inclusão do CPF na nota/cupom fiscal no momento de uma compra, referente ao programa da Nota Fiscal Paulista. Caso você não saiba como funciona esse programa, você poderá acessar a página de Perguntas Frequentes do site da Secretaria da Fazenda, do Governo do Estado de São Paulo.


Resgatando os créditos da Nota Fiscal Paulista


A solicitação de resgate dos créditos gerados pelo programa Nota Fiscal Paulista (NFP), é bastante simples e intuitivo. Em alguns minutos você poderá solicitar o resgate de seus créditos para sua conta corrente ou poupança, ou o abatimento do valor do seu IPVA (caso disponível). Confira abaixo o passo-a-passo para fazer a solicitação de resgate.

1. Primeiramente, acesse o site da Secretaria da Fazenda, no seguinte endereço: http://www.nfp.fazenda.sp.gov.br.

2. No painel disponível à esquerda, clique sobre a opção Acesso ao Sistema, como mostra a imagem abaixo.


3. Você será direcionado para a página de login do sistema, como mostra a imagem abaixo. Preencha os campos solicitados (CPF/CNPJ e Senha), e escolha o seu tipo de usuário — no meu caso é Consumidor. Em seguida, clique no botão Acessar para concluir o acesso ao sistema.


4. Após ter inserido suas informações, você se deparará com a mensagem ilustrada na imagem abaixo — essa mensagem só aparecerá caso você nunca tenha feito um resgate —, basta clicar no botão Continuar para prosseguir com o acesso ao sistema.

Clique na imagem para ampliar

5. Concluído o acesso ao sistema, vá até o menu Conta Corrente, e clique sobre a opção Utilizar Créditos, como mostra a imagem abaixo.


6. Em seguida, será mostrado as opções disponíveis para você efetuar o resgate dos seus créditos. São elas: Crédito em conta corrente, Crédito em conta poupança, e Quitação ou abatimento do IPVA. Escolha uma das opções de resgate.


INFORMAÇÃO: é importante que você saiba que a opção de quitação ou abatimento do valor do IPVA, só fica disponível no mês de Outubro, portanto, caso você esteja acessando o sistema fora desse mês, tal opção aparecerá desabilitada para escolha. E as opções de conta corrente e poupança só aceitam resgates acima de R$ 25,00 (vinte e cinco reais), portanto, caso não haja créditos suficientes você não poderá fazer o resgate até acumular esse valor.

Para este tutorial — e para o meu primeiro resgate — eu escolhi a opção de "Crédito em Conta Corrente". Escolhendo essa opção, uma mensagem como a ilustrada na imagem abaixo será mostrada. Clique em OK.


7. Nesse momento, você será questionado sobre as informações do banco aonde deseja receber os créditos da NFP, como mostra a imagem abaixo.


É importante que a conta corrente ou poupança para a qual você transferirá o valor, esteja em seu nome. Preencha os campos solicitados, lembrando que caso a sua agência não possua o dígito verificador, você deverá inserir o número zero (0), do contrário você receberá o erro mostrado na imagem abaixo, depois clique no botão Confirmar.


8. Após esse processo, você deverá visualizar uma mensagem de confirmação de transferência. Confira seus dados, os dados da sua conta e agência e o valor a ser transferido. Caso esteja tudo certo, clique no botão Efetuar Transferência, como ilustra a imagem abaixo.


9. Após ter confirmado a transferência do valor de seus créditos para sua conta, você deverá visualizar a mensagem de sucesso ilustrada abaixo.


Na mensagem você poderá ver uma estimativa do prazo para que o crédito ocorra em sua conta bancária. No site da Secretaria da Fazenda há a informação de que os créditos são lançados na quarta-feira da semana seguinte à solicitação, ou seja, após solicitar o resgate, o crédito aparecerá na sua conta na quarta-feira da semana seguinte.

Como você pode ver na imagem acima, a estimativa do prazo para ocorrer o crédito em minha conta bancária era o dia 15/05/2013. Para essa primeira transferência o prazo foi cumprido com exatidão, como você pode ver na ilustração do meu extrato logo abaixo. Note que a transferência tem a identificação "SEC DA FAZEN", que informa que o crédito foi transferido pela Secretaria da Fazenda.


Pronto. Caso você tenha feito tudo certinho, seu resgate terá sido solicitado e o crédito será lançado na sua conta até a quarta-feira da semana seguinte à sua solicitação. Num próximo artigo eu mostrarei as opções que são liberadas após a conclusão de seu primeiro resgate, como é informado no final da imagem "Sucesso  na operação" disponível logo acima.

Atualização — 18.01.2014 às 14h44
Após publicar esse artigo, que tem a finalidade apenas de demonstrar como realizar o resgate dos créditos do programa Nota Fiscal Paulista, diversos leitores têm entrado em contato através dos comentários, e por e-mail, com dúvidas sobre questões relacionadas a cadastro e recursos do sistema.

Questões essas que eu não tenho recursos para responder de uma forma muito efetiva. Portanto, afim de agilizar a resposta à esses tipos de questões, abaixo postarei uma espécie de FAQ com as dúvidas mais frequentes que me são enviadas. Porém, muitas delas eu não tenho como resolver.

1. Você, Igor, possui algum tipo de vínculo com a Secretaria da Fazenda?
Não, eu não possuo nenhum tipo de vínculo com a Secretaria da Fazenda.

2. Com que autoridade você responde às perguntas dos leitores sobre esse assunto?
Não possuo nenhum tipo de autoridade para fornecer instruções que sobreponham as fornecidas pela Secretaria da Fazenda. Minhas respostas são fornecidas com base em meus conhecimentos e deduções, visando apenas tentar ajudar o leitor.

3. Faz algum tempo que forneço meu CPF e tenho poucos créditos, por quê?
Tome as seguintes precauções e fique atento aos seguintes detalhes: confira sempre a nota/cupom fiscal para ter certeza de que foi emitido com o CPF correto, pois em alguns casos pode acontecer de o "caixa" digitar um número errado e os créditos irem para outro CPF.

Sempre guarde as notas/cupons fiscais, pelo menos até que apareçam no sistema da nota fiscal paulista, pois alguns estabelecimentos podem acabar não lançando os créditos, e você tendo os documentos fiscais em mãos poderá abrir uma reclamação junto a Secretaria da Fazenda, denunciando o estabelecimento e requerendo seus créditos. E note também que nem todas as mercadorias que você compra geram créditos.

4. Posso resgatar os créditos para conta corrente/poupança de outra pessoa?
Não. O resgate deve ser feito para uma conta corrente/poupança que pertença ao CPF (pessoa) que possui direito aos créditos.

5. Posso resgatar para minha conta poupança vinculada à minha conta corrente?
Não. O resgate para conta poupança deve ser feito para uma conta com identificação própria. Ou seja, não deve ser feito o resgate para as contas poupanças que são vinculadas à conta corrente, como os casos em que o número da conta corrente é: 01234-5 e o da conta corrente é 01234-5/600. Você deve abrir uma conta poupança sem qualquer vinculo com conta corrente.

6. A opção "Utilizar Créditos" não está disponível para mim, por quê?
Não possuo acesso ao cadastro dos usuários do programa Nota Fiscal Paulista, portanto, eu não tenho como saber o motivo do seu cadastro estar com essa opção desabilitada. Os motivos podem variar de usuário para usuário. Por favor, entre em contato com Secretaria da Fazenda para obter esse tipo de informação.

7. Fiz o resgate mas o valor não foi creditado em minha conta, por quê?
No site da Secretaria da Fazenda há a informação de que os créditos são lançados na conta sempre na quarta-feira da semana seguinte à solicitação do resgate, ou seja, após solicitar o resgate, o crédito aparecerá na sua conta na quarta-feira da semana seguinte.

Contudo, verifique o seguinte: você deve ter no mínimo R$ 25,00 de crédito para poder fazer a transferência; a conta para a qual você vai transferir os créditos deve estar no seu nome e CPF; verifique se já passou o prazo estipulado para o ocorrer o crédito na sua conta (conforme ilustra a imagem do passo 9 desse artigo); vá no menu "Consultar > Transferências", no sistema da nota fiscal paulista, e verifique se a transferência que você solicitou foi computada, em caso positivo verifique a coluna "Status Retorno" para ver se houve algum erro na transferência. Se o problema persistir, por favor, entre em contato com a Secretaria da Fazenda para saber como proceder.

8. Sempre que acesso o sistema meus créditos estão "calculando", por que esse cálculo demora tanto?
Existe um prazo de 3 a 4 meses para a realização do cálculo. Pois esse é o prazo que os estabelecimentos têm para retificar (corrigir) os documentos fiscais que foram emitidos.

O que achou deste artigo? Gostou? Não Gostou? Deixe sua opinião!

É terminantemente proibida a cópia de nossos artigos sem nossa expressa autorização!
Plágio é crime previsto no artigo 184 do Código Penal brasileiro e na Lei 9.610/98.
As informações contidas neste artigo estão desatualizadas? Notifique-me! Editar artigo
Igor Sousa é dono e criador do blog Hdblog (antigo Bloggando Na Web). Tem 22 anos, é paulistano e atualmente cursa o 6° Semestre em Ciências Contábeis. Blogar era apenas um modo de melhorar sua redação de texto, mas unida a sua vontade de ajudar as pessoas passou a ser um hobby.

Foram postados 49 comentários neste artigo!

  1. Respostas
    1. Olá Tony, fico feliz que tenha achado o artigo útil. Agradeço a visita e o comentário. Abraços.

      Excluir
  2. como faço para obter os meu creditos da Nota Fiscal Paulista que ate a data de hoje nao recebi nada foi colocado somente 18 reais e nao 25 reais como dizem gostaria de saber quem poderar me dar essa explicaçao,o desbloqueio de senha no dia 06/05/2013 foi feita por Antonio Carlos Zinsly no Poupa Tempo da cidade de Santos,quem poderar me dar uma explicaçao e com quem devo procurar para tomar uma providencia sem mais muito obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Unknown, esse artigo tem apenas a finalidade de demonstrar o passo-a-passo de como solicitar o resgate dos créditos da Nota Fiscal Paulista. Não possuo nenhum vinculo com a Secretaria da Fazendo, sendo assim não tenho nenhuma autonomia para responder a esse tipo de questão. Eu aconselho que você entre em contato com eles através de um dos diversos canais de atendimento disponíveis no site, clicando no menu "Fale Conosco". Nesse menu você encontrará opções para atendimento presencial, por telefone e/ou por e-mail. Desculpe não poder ajudar de uma maneira mais efetiva, e espero que resolva seu problema! Agradeço a visita e o comentário. Um abraço.

      Excluir
  3. segui o passo a passo deu td certo .obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Cida, fico feliz em saber que o artigo lhe foi útil. Eu que agradeço a visita e o comentário, volte sempre. Um abraço.

      Excluir
  4. È muito bom tua Explicação ! Muito Obrigado Valeuuu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Eliana, que bom que gostou do artigo, espero que tenha ajudado! Eu que agradeço a visita e o comentário. Volte sempre.

      Excluir
  5. Bom dia Igor ja faz um tempo q estou passando minha compras em meu cpf mas ate agora so foi calculado 0,29 centavos e acredito que tenha muito mas que isso pra calcular vc sabe me informar o por que nao foi calculado?
    obrigado desde de ja....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Fernando, o cálculo dos créditos depende de diversos fatores, e pode ser que haja uma demora sim. Tenho compras que realizei em Maio/2013 e que até hoje não foram calculadas. Eu aconselho que você sempre confira as notas e cupons fiscais que você recebe para ter certeza de que foram emitidos no CPF correto. Outra coisa que lhe informo é que nem todos os produtos geram créditos. Portanto, pode ser que você faça diversas compras acreditando que elas gerarão crédito para você, mas os produtos que você comprou não geram crédito, sendo assim, você não receberá nada. De qualquer forma, seria interessante você entrar em contato com o atendimento da Secretaria da Fazenda através do menu de contato do site deles, pois como sempre informo em minhas respostas, não tenho nenhum vínculo e/ou autonomia para informar o que pode estar errado ou não. O artigo tem tem finalidade apenas de demonstrar como resgatar os créditos. Desculpe não poder ajudar de uma maneira mais efetiva. Um abraço.

      Excluir
  6. Olá, bom dia!
    A opção "Utilizar créditos" não está disponível, qual seria o motivo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rafael, infelizmente não possuo nenhum recurso que me permita ter esse tipo de informação. A opção pode estar indisponível devido a diversos fatores, que eu, sinceramente, não tenho como saber. Por não ter nenhum vínculo com a Secretaria da Fazenda do Governo do Estado de São Paulo, eu não poderei lhe ajudar de uma maneira mais efetiva. Por favor, entre em contato com eles através do menu "Fale Conosco" disponível no canto superior direito do site deles, nesse endereço: http://www.nfp.fazenda.sp.gov.br/. Espero que consiga resolver o problema! Desculpe a demora em responder.

      Excluir
  7. Ja depositei 4vezes e nunca caiu nada na minha conta ja fui no banco e ninguem resolve o que possso fazer nesse caso?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Aline, um dos fatores que podem levar a não conclusão do crédito na conta é a utilização de uma conta corrente ou poupança de outro CPF. É extremamente importante que a conta corrente onde ocorrerá o crédito pertença ao mesmo CPF (pessoa) de quem tem direito à eles. Se o problema persistir, por favor, entre em contato com a Secretaria da Fazenda através do menu "Fale Conosco" disponível no canto superior direito do site deles, nesse endereço: http://www.nfp.fazenda.sp.gov.br/. Espero que consiga resolver o problema e desculpe a demora em responder.

      Excluir
  8. Respostas
    1. Olá Aline, fico feliz que o artigo tenha sido útil. Agradeço a visita e o comentário.

      Excluir
  9. Olá! Gostaria de obter uma informação, espero que você possa me ajudar.
    Tenho emitido NF em meu CPF desde 19/03/2013 e já posso várias NFs. de compras regsitradas no sistema.Porém quando realizo a consulta dos resultados fiscais, nenhuma NF apresenta teve seu crédito calculado. Tenho achado muito estranho. Isso é normal mesmo? A partir de qual momento a SEFAZ realiza o cálculo do crédito de um NF? Até agora não sei quando tenho de crédito vinculado ao meu CPF. Por favor, pode me ajudar?? Grato. CATIEGO ANTUNES.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Catiego, comigo acontece a mesma coisa. Houve casos em que os documentos fiscais emitidos no meu CPF ficaram cerca de 3 meses (ou um pouco mais) "calculando os créditos". Verificando a seção de "Perguntas Frequentes" do site de Secretaria da Fazenda, encontrei a seguinte informação: "Quanto tempo leva para o cálculo dos créditos?", resposta: "O cálculo dos créditos é realizado após o vencimento dos prazos de registro e de retificação dos documentos fiscais, sendo informado ao consumidor no terceiro ou quarto mês após a data da emissão da nota/cupom fiscal.", acredito que isso explique o motivo da demora na apuração dos créditos. Espero que tenha lhe ajudado. Agradeço a visita e o comentário.

      Excluir
  10. valeu igor você explicou muito bem. obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Janaina, fico feliz que a explicação tenha ficado clara. Eu que agradeço a visita e o comentário.

      Excluir
  11. Toda vez que desejo ver meu saldo é uma luta pra achar a página da nota paulista que canseira viu me ajuda por favor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Aninha, para achar a página do site é só buscar no Google pela frase "Nota Fiscal Paulista", será o primeiro resultado que aparecer. Ou salve o seguinte endereço nos seus favoritos: http://www.nfp.fazenda.sp.gov.br/. Espero que isso lhe ajude.

      Excluir
  12. olá Igor...eu venho passando meu cpf desde novembro do ano passado e até agora dizem que tenho menos de 0,25 centavos...sei de pessoas que ja resgataram ..e eu não ..porque será? vc poderia me explicar ? ..obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Natalia, infelizmente eu não tenho recursos para saber o porquê você possui apenas R$ 0,25 de crédito. Contudo, você deve tomar algumas precauções e ficar atenta a alguns detalhes, tais quais: sempre que você informar o seu CPF, verifique se a nota/cupom fiscal realmente foi emitida com o CPF correto, pois já vi casos de estabelecimento onde o "caixa" registra o CPF do cliente errado, ou acaba registrando um outro CPF, e por falta de conferir o documento você pode perder seus créditos.

      Outro cuidado que você deve ter é de sempre guardar os cupons. Eu sei que isso é chato, e ninguém gosta de guardar aquele monte de papeizinhos (inclusive eu, rs), mas guarde-os pelo menos até que apareçam no sistema da nota fiscal paulista, pois alguns estabelecimentos podem acabar não lançando os créditos, e você tendo os documentos fiscais, poderá abrir uma reclamação junto a Secretaria da Fazenda, denunciando o estabelecimento e requerendo seus merecidos créditos.

      E tem também o fato de que nem todos as mercadorias compradas geram créditos de ICMS, e em alguns casos o valor é irrisório, mas é sempre bom pedir o documento fiscal pois mesmo que não gerem créditos, eles permitem que você participe de sorteios com prêmios em dinheiro. Espero que tenha lhe ajudado a entender melhor como funcionam os créditos. Agradeço a visita e o comentário.

      Excluir
  13. Bom dia!!! Igor gostaria de saber pq não aparece a opção de UTILIZAR CRÉDITOS no meu cadastro? Obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Fernanda, infelizmente não possuo nenhum recurso que me permita ter esse tipo de informação. A opção pode estar indisponível devido a diversos fatores, que eu, sinceramente, não tenho como saber. Por favor, entre em contato com a Secretaria da Fazenda através do menu "Fale Conosco" disponível no canto superior direito do site deles, nesse endereço: http://www.nfp.fazenda.sp.gov.br/. Espero que consiga resolver o problema, e desculpe não poder ajudar de uma maneira mais efetiva.

      Excluir
    2. Fernanda, estou com o mesmo problema!

      Excluir
  14. boa noite o que eu faço pra mudar o numero da conta ,a do cadastro foi cancelada e preciso mudar o numero da conta?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Dayane, desculpe, mas não entendi sua dúvida muito bem. Se o problema ainda persistir, por favor, explique mais claramente. Agradeço a visita e o comentário.

      Excluir
  15. Pena que vc não ensinou o mais difícil: o resgate para o IPVA. Acho que não foi feito o serviço completo. Na chamada do Google qdo a gente busca dá a sensação que tem a informação completa, assim, no meu caso, só perdi tempo. Dete ter outros coitados.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá CC Maia, concordo com você. Também gostaria de ter publicado o passo-a-passo para a opção de abatimento do IPVA para que o artigo ficasse mais completo, mas infelizmente eu ainda não possuo veículo para poder utilizar essa opção. Agradeço a visita e o comentário, e espero que consiga encontrar algum artigo que demonstre o passo-a-passo para utilização dessa opção.

      Excluir
  16. Oi muito obrigado fis como vc mostrou e deu tudo certo. que Deus o abencoe . abracos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Aline, fico feliz que o artigo tenha sido útil para você. Eu que agradeço a visita e o comentário. Forte abraço.

      Excluir
  17. oi meu nome é Katia e segui todas as suas orientações. Mas o dinheiro não caiu na conta ainda o que eu faço?
    Obrigado(a).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Katia, infelizmente eu não tenho como saber o que houve. Contudo, verifique o seguinte: você deve ter no mínimo R$ 25,00 de crédito para poder fazer a transferência; a conta para a qual você vai transferir os créditos deve estar no seu nome e CPF; verifique se já passou o prazo estipulado para o ocorrer o crédito na sua conta; vá no menu "Consultar > Transferências"; no sistema da nota fiscal paulista, e verifique se a transferência que você tentou fazer foi computada, em caso positivo verifique a coluna "Status Retorno" para ver se houve algum erro na transferência. Se o problema persistir, por favor, entre em contato com a Secretaria da Fazenda através do menu "Fale Conosco" disponível no canto superior direito do site deles, nesse endereço: http://www.nfp.fazenda.sp.gov.br/. Espero que consiga resolver o problema. Eu que agradeço a visita e o comentário.

      Excluir
  18. Respostas
    1. Olá Carlos, fico feliz que tenha gostado do artigo. Agradeço a visita e o comentário.

      Excluir
  19. no meu ta desdo começo do ano e ate agora fala que o Saldo Insuficiente

    O saldo da conta corrente é insuficiente para realização de movimentações.

    todo dia ta assim nunca muda, ou sera por que eu não tenho conta corrente ??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá David, não entendi muito bem a sua dúvida. Essa mensagem aparece aonde, no site da Nota Fiscal Paulista? Note que para realizar a primeira transferência você precisa ter pelo menos R$ 25,00 de crédito no programa, caso contrário não poderá fazer a transferência para sua conta até que atinja tal valor. Se essa não foi a sua dúvida, por favor, explique mais detalhadamente o que houve. Agradeço a visita e o comentário. Um abraço.

      Excluir
    2. cara olha eu aqui de novo, criei nota fiscal paulista pro meu pai certo e o dele já tinha mais de 25 reais para retirar e não fazia nem dois dias que tinha criado para ele, só que o meu cadastro já vai fazer 8 meses e sempre que clico em utilizar creditos da a seguinte mensagem no meu "O saldo da conta corrente é insuficiente para realização de movimentações. " nunca sai disso a mulher em disse que leva até 4 meses para os creditos serem computados e tals... mas já faz 8 meses e nunca da para utilizar os creditos... Lembrando que não tenho conta corrente nem poupança será que é por esse motivo que não da para utilizar os creditos?

      Excluir
    3. Olá David, o valor dos créditos disponíveis em seu cadastro independe de quanto tempo você o possui. Ou seja, você pode fornecer seu CPF normalmente ao fazer uma compra, sem ter criado um cadastro na Secretaria da Fazenda. Eu, por exemplo, informei meu CPF durante 1 ano sem ter me cadastrado na Sefaz, e assim que acessei o sistema pela primeira vez, consegui visualizar os créditos que me foram gerados nesse período. Portanto, o cadastro serve apenas como meio de consulta e resgate dos créditos. Quanto ao fato de você não possuir saldo suficiente para fazer o resgate, não tem a ver com você possuir ou não uma conta corrente/poupança, pois os créditos são gerados independente de você ter conta. Mas é extramente importante que você possua uma conta em seu nome, pois só assim você poderá resgatar os créditos quando você possuir saldo suficiente. E lembre-se também que nem todas as mercadorias que você compra geram créditos. Quanto ao prazo de 4 meses, a mulher está correta, pois é o prazo que as empresas possuem para poder retificar os documentos fiscais que foram emitidos. Espero que tenha conseguido esclarecer suas dúvidas. Qualquer coisa entre em contato novamente. Um Abraço.

      Excluir
  20. Muito util estava doida porque meus creditos não estavam sendo calculados,agora esta tudo bem,foi o unico site que esclareceu isso,o primeiro resgate era assim mesmo!!Só depois eles começam a monstrar os valores das notas e os calculos! Deus te abençoe.Katia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Katia, fico feliz em saber que o artigo foi útil para você. Deus te abençoe também.

      Excluir
  21. Prezado Igor, boa tarde.
    O link "Utilizar Créditos" está com as letras na cor branca e eu não consigo acessá-lo.
    Sabe me dizer o motivo? Como faço para sacar os créditos indicados?
    Já fiz o saque noutras vezes, mas isso nunca me ocorreu.
    Obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Fernando, nunca passei por essa situação, tenho a opção de Utilizar Créditos sempre ativa no meu cadastro. Verifique se os créditos disponíveis para saque em sua conta são de pelo menos R$ 25,00. Em caso positivo, e se o problema ainda persiste, por favor, entre em contato com a Secretaria da Fazenda através do menu "Fale Conosco" disponível no canto superior direito do site deles, nesse endereço: http://www.nfp.fazenda.sp.gov.br/. Espero que consiga resolver o problema, e desculpe não poder ajudar de uma maneira mais efetiva.

      Excluir
  22. Igor bom dia

    Acabei de me cadastrar no Portal. Acontece que na aba Conta Corrente não aparece para mim a opção Utilizar Créditos, aparece apenas. Aparece apenas Conta Corrente > Demonstrativo IR.

    O que pode ser?

    Obrigada,

    Vivian Antunes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Vivian, infelizmente não possuo recursos e/ou qualquer tipo de vínculo com a Secretaria da Fazenda, portanto, não tenho como responder à sua dúvida. Pelo que tenho visto, diversos leitores estão passando por esse inconveniente. Aguarde alguns dias para verificar se o seu cadastro fica normalizado, pois o problema pode estar no fato dele ainda ser recente. Se o problema persistir, peço que, por favor, entre em contato com a Sefaz através do menu "Fale Conosco" disponível no canto superior direito do site deles, nesse endereço: http://www.nfp.fazenda.sp.gov.br/. Espero que consiga resolver o problema, e desculpe não poder ajudar de uma maneira mais efetiva.

      Excluir
  23. Olá Igor eu sou Gilton Souza não estou conseguindo utilizar os meus créditos, eu tenho um valor de: R$ 84,19 reais e quando eu chego
    na formula de utilização e clico em conta correte ou poupança nada acontece, o que eu faço agora para utiliza os meus
    créditos?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Gilton, ao escolher a opção de crédito em conta corrente ou poupança, conforme a imagem do passo 6 desse artigo, a sua tela deverá ser atualizada e ficar conforme demonstrado na imagem do passo 7. Caso isso não esteja ocorrendo, tente utilizar um navegador diferente ou limpar os cookies e o cache do seu navegador. Se o problema persistir, por favor, entre em contato com a Secretaria da Fazenda para saber como deve proceder, no seguinte endereço: http://www.nfp.fazenda.sp.gov.br/. Desculpe não poder ajudar de uma maneira mais efetiva.

      Excluir